Cachorro Latindo Muito? Confira 7 Dicas para Evitar

cachorro latindo muito
blank

Por Redação Petvi

Acreditamos que a nutrição personalizada é a chave para uma vida feliz – e é por isso que nos esforçamos para fornecer ao seu animal de estimação as soluções nutricionais mais avançadas do mercado.

28/09/2020

Quando você pensa em cachorro latindo muito, qual a primeira coisa que vem à sua mente?

Se você tem um cachorro em casa, possivelmente já passou pela situação de precisar pedir para seu amigo parar de latir…

Para outros, cachorro latindo muito pode lembrar irritação ou noites mal dormidas.

Um cão latindo dia e noite sem parar pode até se transformar em problema de relacionamento entre vizinhos!

Mas é preciso descobrir o que há por trás disso.

Devemos nos preocupar com a saúde dos nossos amiguinhos peludos!

Afinal, latidos são normais, mas cachorro latindo muito pode significar que o bem-estar do animal não vai bem.

Acompanhe esse artigo até o final para conhecer os principais motivos do latido excessivo e como evitá-lo, garantindo mais qualidade de vida para seu cão!

Por que os cachorros latem?

Como todos nós já sabemos, o latido é a forma de comunicação do cachorro.

Mas o mais curioso é que recentemente a ciência descobriu que a forma como nossos amigos latem tem a ver com o relacionamento deles com os humanos!

Os cientistas estimaram que nos lobos, por exemplo, apenas 3% das atividades de vocalização são latidos.

O resto dos sons que eles produzem são os conhecidos uivos e outras formas de interação entre os animais…

Já nossos cães, que foram domesticados, aprenderam a latir se comunicando também conosco.

Ao longo de milhares de anos, eles foram descobrindo que nós reagimos a diferentes tipos de latido.

E como precisam se comunicar com a gente, esse comportamento foi sendo aprendido com o tempo.

Existem 3 tipos básicos de latido:

  1. Para dar um alerta: é quando seu cão vê um estranho no portão de casa ou sente que precisa te alertar de alguma coisa. Também ocorre como reação a outro animal latindo.
  2. Para chamar atenção: seu cão late quando quer alguma coisa? Pois é, ele aprendeu exatamente que isso faz com que você o atenda!
  3. Para brincar: a felicidade durante as brincadeiras resulta em latidos animados, além de rabinhos abanando!

Como o latido é uma forma de linguagem dos cães, quando ocorre em excesso é sinal de que seu amigo precisa lhe dizer algo… E com urgência!

Sim, seu cachorro latindo muito é um sinal de alerta. Veja o que pode estar ocorrendo:

Cachorro latindo muito: principais motivos

Solidão

Infelizmente essa é uma situação que ocorre com bastante frequência hoje em dia.

Talvez você até conheça algum cão na vizinhança que passa longos períodos sozinho, e por isso late sem parar.

A solidão pode ser o motivo de um cachorro latindo muito e alto. Nossos amigos são animais sociáveis e precisam de interação!

Medo

Seu cão pode se sentir amedrontado diante de alguma situação, pessoa ou até algum objeto.

Uma das reações possíveis é um cachorro latindo muito.

Dor

Cachorros que sentem o incômodo de alguma dor também podem começar a latir em excesso.

cachorro latindo muito

Se seu cachorro não costumava latir muito e de repente não para de se comunicar, é melhor tentar “ouvir” o que ele tem a dizer.

Afinal, ele não sabe explicar para você que está com dor.

Ou melhor… Até sabe, mas a forma é assim: latindo!

Estresse

O estresse canino é um dos principais problemas que afetam os cachorros atualmente.

Isso acontece porque muitos cães acabam sendo também afetados pela nossa rotina estressante!

Quando não temos tempo para interagir e ajudá-los a gastar energia, eles simplesmente ficam estressados.

Portanto, cachorro latindo muito pode ser um sinal de estresse.

Tédio

Diferentes cães podem reagir de formas diferentes a determinado problema.

Enquanto alguns ficam estressados e destroem tudo o que veem pela frente, outros se abatem com o tédio por não terem atividades diárias.

Um cachorro entediado pode latir bastante e até uivar.

Proteção de território

Sim, aquele cachorro latindo muito no quintal do vizinho que não te deixa dormir pode simplesmente ser um bom cão de guarda.

Mas o latido excessivo pode ser desencadeado por uma reação desproporcional a certos estímulos do ambiente.

Por isso, é preciso estar atento e como vive o pet para entender os motivos do excesso.

Veja agora algumas dicas que podem ajudar.

cachorro latindo muito

7 Dicas para evitar o latido excessivo

Agora que você já entendeu que há diversos fatores envolvidos no problema do cachorro latindo muito, é hora de tomar uma atitude.

A primeira coisa que você precisa para ajudar seu amigo é observá-lo para saber em que caso ele se enquadra. Veja:

1 – Identificar o motivo do latido em excesso

Entenda o contexto do animal, estude seu comportamento.

Existe um horário no qual ele late mais?

Ele costuma latir muito em um determinado local ou em alguma situação?

Tem algum objeto que deixa ele com medo demais ou animado demais, latindo sem parar?

Preste bastante atenção. Identificar esse motivo é o seu primeiro passo para agir.  

2 – Observe a linguagem corporal

Seu cachorro latindo muito pode lhe mostrar no próprio corpo o motivo do barulho.

Alguns são fáceis de reconhecer…

Quando está brincando, seu cãozinho late ao mesmo tempo em que abana o rabo e corre, por exemplo.

Nesse momento, com certeza é possível afirmar que está latindo para se divertir.

Da mesma forma, quando ele late para pedir comida, apresenta um comportamento diferente. Alguns latem e fazem cara de pidão, outros correm para perto do local onde comem…

Então, lembre-se que a linguagem corporal vale muito.

Não observe apenas os latidos, mas também a expressão física do seu cachorro. Ela pode indicar outros sentimentos, como medo, raiva, estresse, tédio…

É uma pista importante sobre o que está causando os latidos.

3 – Não atender aos pedidos

Se seu cachorro late demais para pedir atenção, é preciso tomar cuidado para não reforçar esse comportamento.

Veja este exemplo simples…

Imagine um cachorro latindo muito todas as vezes que quer comer.

E você, sabendo disso, sempre dá comida assim que ele late.

Logo, ele vai entender que precisa latir para ser alimentado, pois você está atendendo ao pedido. O comportamento vai sendo reforçado e ele late sempre mais!

Uma forma simples de resolver esse problema seria esperar ele se acalmar.

Como você já sabe o horário de alimentá-lo, evite dar a comida assim que ele latir.

Quando o pet se acalmar, coloque a ração, e com o tempo ele vai entender que não é latindo que irá conseguir comer – mas sim ficando calmo.

4 – Não recompensar os latidos

A mesma dica anterior vale para outros comportamentos que você queria reforçar, evitando assim o incômodo de um cachorro latindo muito sem necessidade.

Alguns tutores acreditam que podem fazer o cachorro parar de latir com algum agrado.

Se quando ele late muito recebe um carinho ou até um petisco, vai se sentir recompensado pelo comportamento!

Você pensa: “Que bom, consegui fazê-lo parar de latir com esse petisco!”

Enquanto isso, ele entende que sempre que late muito ganha o agrado.

Pode ter certeza de que ele vai repetir sempre que quiser aquele biscoitinho!

5 – Escolher um comando para educar

Se é preciso não agradar quando seu pet late muito, também não se deve repreender da forma errada.

Controle-se e não demonstre raiva. Muito menos agrida o animal, pois isso não vai fazer com ele entenda o que se quer dele!

Escolha um comando único e simples. Pode ser uma palavra, como “pare” ou outra de sua preferência.

Apenas diga com firmeza quando ele latir muito, até que aprenda o comando e obedeça melhor.

6 – Gastar energia e promover a independência do cão

Quando dizemos que um cachorro latindo muito pode significar estresse ou tédio, é óbvio que se deve ajudá-lo a gastar energia.

Passeie frequentemente e com intensidade para que seu amigo se canse.

Exercícios e brincadeiras atuam no gasto de energia física e mental, evitando que seu pet fique estressado ou entediado.

Para cães que passam mais tempo sozinhos, garanta um ambiente que estimule esse gasto energético.

Você pode esconder petiscos para que ele passe um tempo procurando ou até usar brinquedos caninos especiais para isso.

Eles vão ajudar seu amiguinho a se entreter e consequentemente permanecer mais ativo e saudável!

cachorro brincando

7 – Ser mais atencioso

Essa é uma dica que vale para vários problemas de comportamento. Muitos tutores, mesmo presentes, acabam deixando o animal de lado.

Interaja com seu amigo! Tire uma parte do seu tempo para os passeios e brincadeiras.

Cachorro latindo muito? Mantenha a saúde mental do seu amigo em dia!

Alguma vez você já se pensou na necessidade de cuidar da saúde mental do seu cachorro?

Todas as medidas sobre o comportamento que citamos anteriormente podem até funcionar para um cachorro latindo muito…

Mas se biologicamente ele não estiver saudável, dificilmente vai entender os seus comandos.

Ele terá até mesmo dificuldade para aprender!

Isso não significa que seu cachorro não é inteligente, mas que o animal pode não estar recebendo a nutrição adequada!

Veja só…

Nas últimas décadas, a expectativa de vida dos humanos aumentou muito. E junto com ela, nossos níveis de QI também!

A verdade por trás dessa evolução é que aprendemos a nos alimentar melhor.

Com o seu cão é a mesma coisa.

Além dos nutrientes básicos, ele precisa de itens como:

Micronutrientes: Ajudam nos níveis de energia do seu amigo, mantendo-o com o humor melhor e evitando que ele lata demais.

Aminoácidos essenciais, vitaminas e minerais: Garantem nutrição e uma boa saúde mental. Lembre-se que cachorro latindo muito pode ser sinal de uma mente estressada.

Probióticos: Importantes para que os intestinos funcionem bem e absorvam corretamente tudo que é necessário para uma boa saúde. Também garantem inteligência para aprender os comandos.

Agora, você deve estar se perguntando: como conseguir tudo isso?

Mesmo as rações mais caras do mercado não contam com esses ingredientes.

Por isso, se você quer dar um passo a mais na saúde do seu cão, é preciso suplementar.

Foi incrementando nossa alimentação que nos tornamos mais inteligentes e passamos a viver mais.

Para garantir tudo isso também para o seu melhor amigo, você pode contar com o Longevi, o primeiro super alimento para cachorros.

O Longevi é um suplemento para ser adicionado à ração que seu cão já consome. Aliás, ele vai até comer com mais ânimo por causa do delicioso sabor de bacon.

E o mais importante: o Longevi vai garantir todos os micronutrientes, aminoácidos e probióticos necessários para turbinar a saúde do seu cão.

Tutores que sofrem com cachorro latindo muito tem agora uma ajuda e tanto!

Para entender melhor, confira aqui um vídeo exclusivo gravado pelo Julinho Casares, apresentador do programa Bom pra Cachorro e do quadro “Enquanto meu dono não vem”, da Record.

Um dos maiores especialistas em comportamento canino do Brasil, Julinho explica como funciona o Longevi e como ele pode ajudar na saúde mental do seu melhor amigo. 

Aproveite!

Compartilhe nas Redes Sociais

blank
O original e mais reconhecido supersuplemento

Supersuplemento é um suplemento com mais de 2 funções chave, como por exemplo, ajudar a diminuir queda de pelos e aumentar o apetite. Um supersuplemento consegue entregar isso por ter propriedades nutricionais cientificamente validadas a fortalecerem mais de um marcador de saúde.

blank

Por Redação Petvi

Acreditamos que a nutrição personalizada é a chave para uma vida feliz – e é por isso que nos esforçamos para fornecer ao seu animal de estimação as soluções nutricionais mais avançadas do mercado.

28/09/2020

Você também pode gostar de…

Send this to a friend