Gato com Olho Lacrimejando? Veja 8 Motivos e o que Fazer

gato com olho lacrimejando
blank

Por Redação Petvi

Acreditamos que a nutrição personalizada é a chave para uma vida feliz – e é por isso que nos esforçamos para fornecer ao seu animal de estimação as soluções nutricionais mais avançadas do mercado.

06/02/2021

De repente, você notou algo “diferente” nos olhos do seu gatinho?

É como se ele estivesse chorando ou com os olhinhos cheios de remelas?

Pois saiba que ter um gato com olho lacrimejando em casa não é algo normal.

Os pets não lacrimejam, como nós, ou seja, não derramam lágrimas por chorar.

Eles têm apenas a lubrificação normal, feitas pelas lágrimas, mas quando isso ocorre em excesso – tornando possível observar o gato com olho lacrimejando – alguma coisa aconteceu.

Então, nos acompanhe nesse artigo para entender tudo sobre o assunto, além de conhecer alguns possíveis motivos do problema.

Vamos lá!

Gato com olho lacrimejando: o que pode ser

Não estamos falando apenas do excesso de lágrimas, mas também da aparência das mesmas.

Dependendo do que causou o lacrimejamento, o líquido apresentará diferentes texturas e cores.

Veja as principais condições de saúde responsáveis por isso:

1 – Clamídia ocular felina

A clamídia ocular felina, também conhecida como clamidiose, é uma doença que afeta os olhos dos gatinhos.

Trata-se de um quadro infeccioso, causado por uma bactéria, que passa de um animal infectado para outro.

É necessário cuidado, pois ela pode ser transmitida inclusive de gatos para humanos, sendo considerada, portanto, uma zoonose.

Se esse for o caso, você verá um gato com olho lacrimejando em um tom amarelado, por causa do pus resultante da infecção.

Também é comum aparecer irritação, deixando os olhos avermelhados, além de tosses e nariz escorrendo, como se fosse um quadro de rinite.

Como é uma infecção bacteriana, a clamídia ocular felina deve ser tratada com antibióticos receitados pelo veterinário.

2 – Uveíte

A uveíte é uma inflamação ocular que pode afetar a íris e o corpo ciliar dos olhos dos gatos.

Ela pode ser causada por fatores externos, como lesões nos olhos (quedas, batidas, brigas com outros animais etc.) ou ser resultado de alguma outra doença.

Um gato com olho lacrimejando com aspecto amarelado, inchado ou desconfortável com ambientes muito iluminados pode estar com uveíte.

É preciso identificar o problema o mais cedo possível, pois ele pode ser resolvido com tratamento precoce.

A demora leva a uma piora do quadro e até à perda de visão.

Então, cuidado!

3 – Obstrução do canal lacrimal

Alergias, infecções, entrópio (pálpebras se voltando pra dentro) e até mesmo partículas de poeira podem obstruir o canal lacrimal.

Mas, curiosamente, um dos sintomas desse problema é o gato com olho lacrimejando demais.

É comum de ocorrer em gatos de focinho achatado, como os persas.

gato com olho lacrimejando

A possível obstrução deve ser avaliada pelo veterinário, que indicará o melhor tratamento.

Se motivada por alguma infecção ou alergia, tratar essas condições já vai ajudar bastante.

E se for algum corpo estranho o que estiver obstruindo os canais, o mesmo deverá ser removido, necessitando inclusive de anestesia em alguns casos.

4 – Gripe felina

Atchim!

Não é só você quem fica gripado. Seu gato também!

A gripe felina é transmitida por diferentes tipos de vírus, afetando as vias respiratórias.

Ela é transmitida apenas entre gatos, mas é altamente contagiosa. Basta que o pet tenha contato com secreções de outros animais infectados.

Além de espirros, secreções nasais, febre e perda de apetite, a doença pode resultar em um gato com olho lacrimejando.

A melhor forma de prevenir a gripe felina é por meio da vacinação. Então, mantenha os cuidados veterinários do seu gato em dia!

5 – Úlcera na córnea

A úlcera na córnea é uma espécie de “machucado” na córnea, causada por vários motivos, e que também ocasiona um gato com olho lacrimejando – além de irritações, vermelhidão e dores.

Pode ser causada por lesões mais simples, como pancadas na região dos olhinhos ou ciscos, além de motivadas por infecções e outros problemas de saúde.

O tratamento vai variar, portanto, de acordo com o motivo da úlcera.

O veterinário pode indicar desde um tratamento externo, com o uso de colírios, por exemplo, quanto antibióticos e outros remédios para resolver as doenças que estão na raiz da questão.

6 – Micoplasmose

A micoplasmose é uma doença causada por uma bactéria, transmitida nos gatos através das pulgas.

Por conta disso, é também conhecida como “doença das pulgas”.

Uma vez na corrente sanguínea, o micro-organismo ataca as hemácias, levando a um quadro de anemia.

Um gato com olho lacrimejando, em especial se as lágrimas forem incolores, pode ser indicação do problema.

Outros sintomas incluem perda de peso, coriza, chiado ou dificuldades respiratórias.

7 – Conjuntivite

É a inflamação na conjuntiva, a membrana que recobre os olhos.

Nos gatos, pode ser motivada por uma baixa na imunidade, o que possibilita que vírus, fungos ou bactérias oportunistas se instalem no local.

Por isso, essa é a chamada conjuntivite infecciosa.

Há ainda a possibilidade de que alergias e corpos estranhos causem irritação na região, levando à conjuntivite não infecciosa.

8 – Alergias

Como vimos, diversos tipos de alergia resultam em um gato com olho lacrimejando.

Assim como os humanos, os felinos podem apresentar reações alérgicas a diversos fatores ambientes, como poeira e pólen.

Junto com as lágrimas, vêm espirros, tosses e outros incômodos nas vias respiratórios.

É necessário investigar qual o motivo da alergia com ajuda do seu veterinário.

Mas tenha atenção ao ambiente e ao comportamento do gato, pois ambos costumam dar pistas sobre os motivos da reação.

Assim será mais fácil prevenir.

Dicas para casos de gato com olho lacrimejando

gato com olho lacrimejando

Se você chegou até aqui, já faz ideia de algumas formas de prevenir e tratar os casos de gato com olho lacrimejando demais.

Então, vamos resumir as atitudes a serem tomadas em algumas dicas simples.

Observe o aspecto da lágrima

A primeira coisa a se fazer é observar o aspecto lágrima. Como vimos, a coloração do líquido pode indicar diferentes problemas…

Em geral, lágrimas escurecidas ou amareladas são resultado de inflamação, possivelmente relacionadas a infecções.

E quando o líquido é mais claro ou transparente, não significa que o gatinho está livre de riscos.

Esse excesso pode ter a ver com problemas nos canais lacrimais ou doenças como a micoplasmose.

Tenha atenção a outros possíveis sintomas

Como o gato com olho lacrimejando indica diversas doenças, é necessário procurar também por outros sintomas.

Se você ainda não notou nada de errado com seu pet além das lágrimas em excesso, preste um pouco mais de atenção.

É possível que ele dê algum sinal a mais, muitos dos quais citamos anteriormente.

E se o líquido nos olhinhos persistir, é hora de ir para o próximo item…

Leve ao veterinário

Pois é! Algo com o que temos que concordar é que, em qualquer um dos casos citados, o gato com olho lacrimejando é um sinal de alerta.

A partir das informações sobre o estado de saúde e comportamento do seu bichano em casa, você poderá marcar uma consulta com o veterinário e relatar o que está acontecendo.

blankAlguns exames simples vão garantir o diagnóstico certo, e o profissional lhe indicará o tratamento mais adequado.

Cuidado ao agir por conta própria

Sempre vale a pena lembrar…

Muito cuidado ao agir por conta própria. Se o seu gatinho está lacrimejando demais, evite tentar resolver tudo sozinho.

Mesmo se tratando de um simples cisco que está gerando incômodos, removê-lo em casa pode até piorar a situação.

Os riscos são ainda maiores quando se coloca algum remédio (como colírios) ou qualquer outro produto nos olhos do animal sem recomendação médica.

Seja responsável com a visão do seu amigo de quatro patas!

Foque em prevenção e fortaleça a imunidade

É hora de pensar em como deixar o seu gatinho com o melhor sistema imune possível.

A prevenção é muito importante, e alguns cuidados simples evitam um gato com olho lacrimejando ou outras doenças.

A gripe felina, por exemplo, é evitada a partir da vacinação.

Além disso, manter seu gato sempre em casa, evitando o contato dele com a rua, se possível, reduz os riscos de contato com bactérias nocivas – e até que ele brigue com outros animais e se machuque (o que inclui lesões nos olhos).

Por fim, note que uma boa nutrição é a chave para a imunidade.

É claro que se o seu gatinho tiver contato com as bactérias causadoras das doenças que comentamos, ele pode desenvolvê-las…

Mas se o sistema imunológico estiver em dia, com certeza o organismo do seu amiguinho vai reagir a qualquer invasor…

E ainda vai responder muito melhor ao tratamento indicado pelo veterinário!

É por isso que cada vez mais os especialistas em saúde e comportamento animal têm indicado suplementos alimentares, como o novo Longevi Cats.

Ele é o primeiro super suplemento para gatos, com um blend de 42 nutrientes, vitaminas, minerais e micronutrientes que não estão nas rações.

Esse combo age em conjunto aumentando a imunidade, e também tem ingredientes específicos para esse objetivo.

Um exemplo são os probióticos, as bactérias boas que colonizam a flora intestinal.

Pesquisadores da área de saúde, tanto veterinária quanto humana, concordam que ter uma boa ecologia intestinal aumenta a imunidade e protege o corpo contra vírus e bactérias.

Até mesmo as alergias, que muitas vezes são a causa do gato com olho lacrimejando, diminuem bastante.

Além disso, é fácil de usar e os gatos adoram!

Como o Longevi Cats é um suplemento em pó, você só precisa misturar com a ração que já usa.

Ele tem um sabor de peixe que “convence” até os gatos mais exigentes a comer tudo!

Então, clique aqui para conhecer e pedir o seu (antes que acabe)!

Compartilhe nas Redes Sociais

blank
O original e mais reconhecido supersuplemento

Supersuplemento é um suplemento com mais de 2 funções chave, como por exemplo, ajudar a diminuir queda de pelos e aumentar o apetite. Um supersuplemento consegue entregar isso por ter propriedades nutricionais cientificamente validadas a fortalecerem mais de um marcador de saúde.

blank

Por Redação Petvi

Acreditamos que a nutrição personalizada é a chave para uma vida feliz – e é por isso que nos esforçamos para fornecer ao seu animal de estimação as soluções nutricionais mais avançadas do mercado.

06/02/2021

Você também pode gostar de…

Send this to a friend