Como Dar Banho em Gato em 10 Passos

Afinal, como dar banho em gato?

Essa é uma pergunta que muita gente se faz, afinal, esse não é um hábito tão comum.

Enquanto os cachorros costumam tomar banho com certa frequência, o mesmo não ocorre com os felinos…

No artigo de hoje, vamos dar um passo a passo simples sobre como dar banho em gato, ensinando alguns truques que com certeza vão ajudar nessa tarefa.

Mas, antes, precisamos falar um pouco mais sobre o assunto…

Veja…

Alguns fatos sobre o banho em gatos

É mesmo necessário dar banho nos gatos?

A resposta é… Depende!

Em condições normais, de fato, quase não é preciso.

Provavelmente você já viu o seu gatinho se lambendo – sim, o famoso “banho de gato”.

blank

E essa limpeza periódica felina realmente funciona, pois a língua dos gatinhos é capaz de remover sujeiras e pelos mortos.

O hábito de se lamber também ajuda a espalhar por toda a pelagem um óleo natural produzido pelos folículos pilosos, deixando os pelo saudáveis e bonitos.

Ou seja, se tem alguém que sabe como dar banho em gato… É o próprio gato!

Mas, então, quando você deve fazer isso?

Em primeiro lugar, evite dar banho em gatos muito jovens (com menos de 4 meses) e espere pelo menos que o bichano tome as vacinas.

Se o pet já é adulto, mesmo assim são necessários alguns cuidados.

Apesar do seu gato ser “autolimpante”, há momentos em que será necessário dar banho nele, como…

– Quando seu gato se suja muito

A língua remove as sujeirinhas comuns do dia a dia, mas imagine que seu gato se sujou com barro, tinta ou até algum produto químico (que pode até ser tóxico!)…

Ele vai precisar de uma ajudinha para tirar o “grosso”, não é mesmo?

– Quando ele não consegue se limpar sozinho

Alguns gatos, quando estão mais velhinhos ou doentes, podem não conseguir se lamber da forma adequada.

Assim eles acabam acumulando sujeira, o que aumenta o risco de doenças de pele.

É preciso, nesses casos, que você saiba como dar banho em gato – nem que seja um “meio banho” nas partes onde ele não consegue alcançar com a língua.

– Quando o veterinário indica

Quando aparecem problemas de pele, os veterinários às vezes indicam banhos como parte do tratamento.

Geralmente, são feitos com algum produto especial ou remédio indicado pelo profissional.

Alguns exemplos são quando há seborreia, uma descamação similar à caspa, tão conhecida entre os humanos, e também certas dermatites.

Em ambos, a melhor coisa a se fazer é seguir à risca as recomendações do veterinário, tanto para dar o banho quanto para o uso dos medicamentos.

– Quando a raça exige cuidados especiais

Algumas raças de gato, como o persa, podem exigir banhos com uma frequência maior.

Isso acontece devido aos pelos mais longos e propensão a problemas de pele.

Como dar banho em gato: o passo-a-passo

Agora que você já entendeu um pouco melhor sobre as reais necessidades dos bichanos, é hora de conferir o passo a passo e aprender como dar banho em gato da forma certa.

Os cuidados começam bem antes da água… Vamos lá!

1 – Cortar as unhas

Sim, o mais indicado é que você corte as unhas do pet antes do banho.

Pode ser até um dia antes, em um momento que ele esteja mais tranquilo.

Esse cuidado tem um motivo simples: como alguns gatos não gostam de tomar banho, eles podem arranhar – ou mesmo te machucar acidentalmente tentando fugir da água.

Se as unhas estão aparadas, os riscos são menores para você e até para o próprio gatinho!

2 – Promova relaxamento

Como dar banho em gato pode ser uma atividade estressante, o ideal é pegar o pet em um momento que esteja mais relaxado.

Algumas dicas para isso são:

  • Brinque com o gato ou canse-o de alguma forma, estimulando-o a se exercitar, por exemplo.
  • Carinhos também podem ajudar. Agrade-o da maneira que você já sabe que ele gosta e fica bem relaxado.
  • Levar os brinquedinhos que preferidos para a hora do banho é outro fator que promove relaxamento de alguns pets. Afinal, são objetos que eles já gostam, é relacioná-los ao banho é uma ideia interessante.

Enfim, o importante é que seu gatinho fique tranquilão para encarar a água, certo?

3 – Use uma banheira

Essa é uma dica importante, que muita gente acaba deixando de lado (mas não deveria).

Dar banho no gato usando chuveiro, chuveirinhos, mangueiras ou até mesmo embaixo da torneira pode deixá-lo nervoso.

A melhor opção é uma banheira ou bacia, ou seja, um local que você possa deixar a água parada – quase uma “piscina”.

Isso possibilita que você molhe o pet aos pouquinhos. Pode ser usando um copo ou as próprias mãos.

Ambas as opções vão ser mais suaves e confortáveis! Falaremos disso mais à frente.

4 – Prepare o ambiente e os materiais

blank

Como os gatos são muito espertos e ágeis, é bom se precaver.

Dê o banho de preferência em um ambiente fechado, como um banheiro, e não esqueça de fechar a porta.

Se por acaso ele fugir, pelo menos vai continuar no ambiente onde você pode pegá-lo de volta com mais facilidade.

Além disso, deixe todo o material necessário ao alcance das mães: sabonete (ou xampu), tolhas, escova…

Imagina esquecer algo e ter que parar o banho na metade?

Quando voltar, provavelmente o bichano não vai estar te esperando quietinho na banheira, não é mesmo?

Na hora de escolher os produtos a usar, siga as orientações do veterinário (no caso de problemas de pele, por exemplo) ou adquira xampus específicos para gatos.

Uma dica óbvia, mas que nunca deve ser esquecida.

5 – Previna arranhões

Lembra quando falamos para cortar as unhas do gatinho antes do banho?

Pois é… Como dar banho em gato pode incomodar o animal, pode sobrar algum arranhão pra você…

Então não custa nada se prevenir, usando luvas (grossas, se possível) e uma camisa de manga longa.

Tudo depende do temperamento do seu pet. Alguns tutores conhecem o bichinho que tem em casa e sabem se ele apresenta essa tendência a arranhar.

Mas até com os mais calmos, proteja-se!

6 – Uma ajuda é sempre bem-vinda

Um é pouco, dois é bom… Essa máxima vale para várias atividades.

E certamente podemos incluir o banho em gatos!

Uma ideia interessante é que uma pessoa segure o bichinho (com cuidado, é claro), enquanto a outra dá o banho.

Tenha certeza: vai ficar bem mais fácil!

7 – Prepare a água

Sabe essa água que comentamos no item anterior, que vai estar na banheira?

Cuidado com ela!

O ideal é que não seja nem muito quente (que pode até causar ressecamento e problemas de pele), nem muito fria (que vai fazer seu gato fugir).

Uma água morna é a ideal para não assustar o gatinho.

8 – Como dar banho em gato: hora da água!

Ufa, depois de tudo preparado, finalmente é hora da água!

Vá enchendo a banheira aos poucos, com a água na temperatura certa, para que ele se acostume.

Tome os seguintes cuidados:

a – Use as mãos, um copo ou outro recipiente e jogue com cuidado a água, começando no pescoço, até atingir todo o corpinho.

b – Deixe para molhar a cabeça por último. Para os animais mais sensíveis, a limpeza dessa parte pode inclusive ser feita com um pano molhado. Jogar água diretamente ali pode incomodar o pet…

c – Coloque algodão nos ouvidos, para evitar a entrada da água. A melhor opção é o algodão hidrófobo, que não absorve líquidos. Ele é muito usado para dar banho em animais e pode ser adquirido em pet shops.

9 – Ensaboe

Passe o xampu, sabão ou produto indicado pelo veterinário com cuidado por todo o corpinho do gato (evitando a cabeça, como comentamos).

Se estiver usando algo voltado para o tratamento de problemas de pele, com indicação médica, siga sempre as recomendações da receita.

Seja como for, o importante é tentar fazer com que o pet se sinta confortável, como se fosse um carinho.

Depois, é claro, pegue novamente o seu copo e vá jogando água para remover os produtos

10 – Atenção ao secar

como dar banho em gato

Seu gatinho está quase pronto… Basta secar!

Para isso, use uma tolha bem sequinha e macia. Ela costuma ser suficiente para os bichanos com pelinhos mais curtos.

Nos mais peludos, pode-se usar um secador. Mas tome cuidado, pois o barulho costuma dar grande sustos!

Comece aos poucos, e veja como ele reage ao som.

Se conseguir, escove-o ao mesmo tempo, o que vai facilitar a secagem e ainda remover os pelos mortos ou que caíram durante o banho.

Caso esteja difícil, você pode secá-lo primeiro e escovar depois. Mas não deixe de fazer essa última etapa, ok?

O banho melhora o pelo do gato?

Ótimo! Agora você já sabe como dar banho em gato!

Como vimos, o momento do banho é muito simples. O principal e mais importante são os preparativos para que o momento seja agradável.

Seguindo todas as recomendações, com certeza esse banhozinho vai ser rápido e prático!

Agora, respondendo à pergunta…

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, o banho em si não é capaz de melhorar o pelo dos gatos.

Afinal, ele faz isso sozinho, se lambendo.

O banho é indicado apenas nas situações citadas anteriormente (indicação veterinária ou sujeira pesada nos pelos).

Devemos sempre nos lembrar o quanto esses animais são higiênicos e autosuficientes!

Então, algo que de fato melhora o pelo dos gatos não é o banho…

Mas a nutrição!

Isso vale inclusive para os nossos cabelos, por exemplo.

Se você (ou seu gato) não tem os nutrientes necessários para os cabelos e pelos, não adianta usar xampus ou outros produtos caros de beleza!

Alguns nutrientes, como a biotina – uma vitamina do complexo B – são fundamentais para pelos macios, bonitos e saudáveis. A ciência mostra até que ela auxilia em certos problemas de pele felinos!

O problema é que boa parte das rações não têm esse tipo de nutriente, então é preciso dar uma forcinha.

Sim, com um suplemento felino!

A biotina é um dos 42 nutrientes do Longevi Cats, o mais novo super suplemento para gatos!

Ela está associada ao metabolismo das gorduras, carboidratos e proteínas, melhorando a saúde da pele, unhas e pelos.

E bem, esse é só 1 dos 42 micronutrientes, vitaminas e minerais.

Clique aqui para conhecer os outros e saber tudo o que o Longevi Cats pode fazer pelo seu gato!

Compartilhe nas Redes Sociais

blank
O original e mais reconhecido supersuplemento

Supersuplemento é um suplemento com mais de 2 funções chave, como por exemplo, ajudar a diminuir queda de pelos e aumentar o apetite. Um supersuplemento consegue entregar isso por ter propriedades nutricionais cientificamente validadas a fortalecerem mais de um marcador de saúde.

Você também pode gostar de…

Send this to a friend