Cachorro Lambendo as Patinhas Sem parar? Veja os 6 Motivos e o que Fazer

Os cães lambem por diferentes motivos…

E tem lambida pra todo mundo: para os humanos, para eles mesmos e até para outros cães – principalmente entre pets que vivem juntos num mesmo ambiente.

Embora seja algo comum, alguns comportamentos relacionados às lambidas requerem um pouco mais de atenção.

Se você tem em casa um cachorro lambendo as patinhas o tempo todo, de forma repetitiva…

É melhor ficar de olho!

Ele possivelmente está com algum problema e esse hábito pode indicar outras condições de saúde preocupantes.

Acompanhe este post até o final para entender quais os motivos desse tipo de lambedura e como lidar com ela. Vamos lá!

Como saber se tenho um cachorro lambendo as patinhas?

Nem todos conseguem observar tanto assim os seus cães.

Para aqueles que convivem mais perto e por maiores períodos de tempo com os animais, como no caso de pets que moram em apartamento, costuma ser mais fácil.

Se você constantemente faz companhia para o seu cão, com certeza vai notar se ele está lambendo as patas compulsivamente.

blank

Mas muitas pessoas não têm a oportunidade de acompanhar tão de perto o dia a dia dos seus amigos peludos.

Nesses casos, alguns sintomas podem indicar a lambedura, mesmo que você não o consiga “pegar no flagra”.

São dicas simples que ajudam bastante:

Confira o odor das patas

Se seu cão está lambendo as patas constantemente, é possível que as patinhas fiquem com um odor diferente do resto do corpo.

O motivo é o acúmulo de saliva e até de bactérias, como consequência. Então, tenha atenção aos odores.

Feridas ou falhas nos pelos

Esse é o ponto em que muitos tutores notam que há algo de errado.

Cachorro lambendo as patinhas em excesso leva a falhas na pelagem e até feridas na região afetada.

Se seu amiguinho chegou nessa fase, procure ajuda o quanto antes para curar a ferida.

Além disso, deve-se também tentar descobrir o que está gerando o comportamento.

Caso contrário ele vai continuar fazendo a mesma coisa, talvez piorando a situação.

Patas molhadas

Essa é a indicação mais óbvia.

Cães que lambem muito as patas frequentemente estarão sempre com elas úmidas ou molhadas.

Se é o caso do seu amigo – e ele não andou passeando por nenhuma poça d’água – esse pode ser o sinal de um cachorro lambendo as patinhas mais do que o normal.

Cachorro Lambendo as patinhas: principais motivos e como evitá-los

Agora que você já sabe como identificar se seu amigo está com essa compulsão, é hora de entender por que ele começou.

Veja os principais motivos e também algumas dicas para resolver o problema.

1 – Chão quente demais

Algo que passa despercebido de boa parte dos tutores…

Sabe aqueles dias de sol em que você sai para passear com seu cachorro?

É melhor tomar cuidado com a temperatura do chão!

Em alguns casos, ela pode queimar a pata do animal, e uma das possíveis reações dele é lamber a região.

Como evitar:

Antes de começar a caminhada, coloque as costas da mão no chão e veja se consegue mantê-la ali por 10 segundos.

Se não, é sinal que está muito quente, podendo causar queimaduras.

E se o seu amiguinho infelizmente já queimou as patinhas, procure o veterinário para os cuidados necessários.

2 – Parasitas

Cachorro lambendo as patas pode ser sinal de parasitas.

cachorro lambendo e coçando as patinhas

Nesse caso, além de lamber, é comum que o cão também morda o local.

Resumindo: são pulgas ou carrapatos e ele simplesmente está se coçando. Talvez, coçando muito!

Como evitar:

Não deixe seu amigo nessa situação!

Cheque sempre todo o corpo em busca de pulgas e carrapatos. Hoje existem vários produtos que combatem e previnem esses parasitas.

Além da higiene do cão, também é importante cuidar do local onde ele vive.

Pulgas e carrapatos se reproduzem no ambiente, para só depois procurarem os animais para se alimentar.

Manter a limpeza pode erradicá-los antes que eles infestem o seu cãozinho.

3 – Alergia

Sim, a coceira que resulta em um cão lambendo e mordendo as patas também é causada por diferentes tipos de alergias.

Olhe bem por onde seu cão anda pisando…

As reações alérgicas podem estar relacionadas a produtos de limpeza usados no piso, por exemplo.

Além disso, um cachorro lambendo as patinhas após passear ao ar livre pode indicar uma alergia a algum tipo de grama.

Como resolver:

Nesse caso, a melhor opção é observar quando seu cão lambe a pata e tentar eliminar as possibilidades.

Ele faz isso sempre depois do passeio? Ou depois de passar em um local específico da casa?

Seja como for, leve-o ao veterinário para descobrir um pouco mais sobre essa alergia e como combatê-la da melhor forma.

Ela pode prejudicar o seu amiguinho de outras maneiras, além da coceira nas patas. Então, não perca tempo!

4 – Desequilíbrio hormonal

Desequilíbrios hormonais são uma causa indireta de cachorro lambendo as patinhas em excesso.

Esse tipo de condição geralmente causa infecções de pele, afetando inclusive as patas e gerando muita coceira.

A reação do animal, assim como nos casos anteriores, será a de se lamber e morder.

Como tratar:

Mais uma vez é hora de contar com a ajuda do seu veterinário.

Alguns desequilíbrios precisam de tratamento e acompanhamento, como o hipotireoidismo, por exemplo.

Uma vez tratado o problema de fundo, a pele melhora e geralmente o cão para de se lamber.

5 – Estresse

Muitas vezes, cachorro lambendo a pata é sinônimo de cachorro estressado!

Cães que não gastam energia como deveriam acabam precisando extravasar de outras formas…

blank

Pode ser destruindo os seus sapatos, fazendo xixi no lugar errado ou se lambendo sem parar!

É uma resposta compulsiva a um estado mental que não vai muito bem…

Infelizmente, o estresse canino tem se tornado muito comum hoje em dia. Mas nada que algumas mudanças de hábito não possam resolver!

O que fazer:

É fundamental reduzir o estresse do seu cachorro. Promova atividades e exercícios físicos, fazendo com ele gaste energia – física e mental.

Passeios, brincadeiras e outros treinamentos ajudam bastante.

Lembre-se ainda de ter sempre uma rotina de cuidados e atividades diárias para seu cãozinho, o que fará com que ele se sinta mais confiante e menos ansioso.

Para ver em detalhes 7 dicas para reduzir o estresse canino, clique aqui e confira nosso post especial sobre o assunto.

6 – Deficiência nutricional

Se o seu cachorro está com a pele da pata ressecada, é bem provável que ele tente resolver o problema lambendo o local.

Mas por que isso acontece?

Condições ambientais (como tempo muito seco ou frio) podem contribuir para o ressecamento, mas o principal motivo é a falta de uma nutrição adequada.

Um nível de ácidos graxos no organismo abaixo do recomendado pode resultar em uma pele seca…

E consequentemente em um cachorro lambendo a pata ou até mesmo outras partes do corpo!

Como resolver este problema:

Ao longo das últimas décadas, nós, os humanos, demos um upgrade na nossa saúde e até a nossa expectativa de vida ao melhorarmos a nossa nutrição.

Passamos a nos alimentar não somente com os nutrientes básicos, mas com um mix de micronutrientes.

Também caprichamos ao buscar um grande aumento nos níveis e na qualidade de vitaminas e minerais.

Está na hora de fazer o mesmo pelos nossos amigos caninos!

Se você quer evitar um cachorro lambendo a pata sem parar, chegando até a se ferir, vai precisar garantir os compostos que ajudam na saúde da pele.

Assim ela não fica mais tão ressecada e ele não vai sentir a necessidade de se lamber.

Esse é mais um dos pontos em que o Longevi pode ajudar.

O Longevi é o primeiro superalimento criado exclusivamente para cachorros.

Ele é um suplemento em pó sabor bacon que você adiciona na ração que já dá para o seu pet, garantido um passo além na nutrição e na saúde dele.

No Longevi, você vai encontrar:

Biotina:

Uma vitamina do Complexo B que está associada ao metabolismo das gorduras, carboidratos e proteínas.

Ela ajuda na saúde da pele, garantindo que ela fique saudável e evitando o ressecamento – que é uma das causas de cachorro lambendo as patinhas excessivamente.

Além disso, ela melhora unhas e pelos.

Probióticos:

Micro-organismos que fazem bem para os intestinos, melhorando a imunidade, os níveis de energia, o humor e a saúde mental do seu pet.

Dessa forma, combate-se também o estresse, outro fator que leva seu cãozinho a se lamber demais.

Spirulina:

A spirulina é um suplemento obtido a partir de algas unicelulares. É uma fonte incrível de proteínas de fácil absorção pelo organismo dos cachorros.

Promove um ganho de nutrição, mantendo músculos e ossos mais fortes para que seu cão viva mais tempo, com mais saúde e mais equilibrado.

E esses são só 3 ingredientes…

O Longevi contém no total 42 micronutrientes que vão transformar seu amigo em um super cão!

Quer saber um pouco mais sobre esses outros nutrientes e para que eles servem?

Então clique aqui e assista a um vídeo exclusivo gravado pelo Julinho Casares, que é apresentador do programa Bom pra Cachorro e do quadro “Enquanto meu dono não vem”, da Record.

Garanta mais saúde para seu amigo e dê um basta nessa história de cachorro lambendo as patas até se machucar!

Compartilhe nas Redes Sociais

blank
O original e mais reconhecido supersuplemento

Supersuplemento é um suplemento com mais de 2 funções chave, como por exemplo, ajudar a diminuir queda de pelos e aumentar o apetite. Um supersuplemento consegue entregar isso por ter propriedades nutricionais cientificamente validadas a fortalecerem mais de um marcador de saúde.

Você também pode gostar de…

Send this to a friend