Cachorro com Dor de Barriga: 10 Sinas, Prevenção e como Resolver

blank

Por Redação Petvi

Acreditamos que a nutrição personalizada é a chave para uma vida feliz – e é por isso que nos esforçamos para fornecer ao seu animal de estimação as soluções nutricionais mais avançadas do mercado.

18/02/2021

Se tem uma situação que ninguém gosta, é passar por aquela baita dor de barriga!

E se você detesta, o pobre do seu cãozinho também!

Só que ele não consegue te avisar, não é mesmo?

Então, cabe a você observar os sinais do seu cachorro com dor de barriga.

Isso certamente indica que há algo de errado com o seu pet, precisando de cuidados o quanto antes.

O que varia são os motivos, dos menos aos mais graves…

Hoje você vai conhecer os principais sinais da dor de barriga em cachorro, as doenças que podem causá-la, formas de prevenção e como resolver a questão.

Vamos lá!

Cachorro com dor de barriga: os principais sinais

Como comentamos, a dor de barriga é um sintoma relacionado a algum problema no organismo do cão.

Mas antes de conhecer esses motivos, você precisa aprender a identificar um cachorro com dor de barriga.

A região abdominal é onde estão muitos órgãos internos, então as dores podem estar relacionadas não só aos intestinos.

Veja os sinais:

1 – Barriga inchada

A dor de barriga em cachorro pode vir acompanhada de um inchaço na região abdominal.

Uma dica é apalpar a região para ver a reação do animal. Se ele se contrair, é possível que esteja sentindo dores.

Mas tenha muito cuidado ao fazer isso, pois dependendo de como o cão se sente, ele pode até ser agressivo com você.

Se não sentir segurança, leve o seu amigo ao veterinário para que o profissional investigue adequadamente.

2 – Desânimo

Seu cão anda muito parado e não tem a mesma animação de antes para correr e brincar?

Ele pode estar sentindo alguma dor!

Imagine se você estivesse com muita dor abdominal… O que acharia melhor? Evitar movimentos ou praticar uma corrida?

O mesmo ocorre com o cachorro com dor de barriga. Então, leve em conta essa possibilidade.

Devemos nos lembrar ainda que que esse desânimo pode ter outros motivos, como a depressão canina.

Para saber mais sobre ela, é só clicar aqui e ver nosso artigo especial.

3 – Diarreia

É de conhecimento comum que a diarreia e esse tipo de dor são dois sintomas relacionados.

No caso do cachorro com dor de barriga, as fezes amolecidas podem aparecer com ou sem sangue.

Ambas merecem atenção e cuidado!

4 – Dificuldade para fazer xixi e cocô

A dor de barriga em cachorro também costuma causar dificuldades para que o animal faça suas necessidades.

Principalmente, é claro, se estiver relacionada aos intestinos, órgãos reprodutivos ou rins.

5 – Perda do apetite

cachorro com dor de barriga

A inapetência, ou perda de apetite, é um sinal comum de cachorro com dor de barriga.

Mas assim como outros sintomas, pode indicar diversos outros problemas, desde doenças ao estresse, como você pode ver neste outro artigo.

6 – Perda da vontade de beber água

Junto com a inapetência, o cachorro com dor de barriga geralmente bebe menos água, às vezes até evitando totalmente o líquido.

Esse é mais um motivo de cuidar do seu pet o quanto antes, afinal, ele corre também sério risco de desidratação.

7 – Gases

Um dos motivos mais comuns da dor de barriga em cachorro é o acúmulo de gases na região abdominal.

Isso pode ser causado por vários problemas, os quais vamos falar mais à frente.

Se seu pet está “soltando pum” com muita frequência, é possível que ele esteja também com dores. Fique de olho!

8 – Mudanças na respiração

Se você notar que seu cãozinho está com a respiração curta e rápida, pode ser o indicativo de uma dor intensa na barriga.

Leve-o o quanto antes ao veterinário!

9 – Vômito

O cachorro com dor de barriga costuma vomitar, em especial devido a problemas estomacais ou intestinais.

Entretanto, o vômito pode também estar relacionado a incômodos em outros órgãos internos.

10 – Sinais corporais

blank

Alguns cães, quando sentem algum tipo de dor, se contraem, como se estivessem se encolhendo.

Esse é outro sinal corporal claro de um cachorro com dor de barriga.

Conhecer esses itens é muito importante para sua consulta veterinária, pois relatar em detalhes o que está acontecendo com seu pet vai ajudar bastante no diagnóstico do profissional.

Principais motivos da dor de barriga em cachorro

A investigação completa sobre o cachorro com dor de barriga deve ser feita pelo veterinário.

Mas é possível ter uma ideia das causas mais comuns, como…

Torção gástrica

A torção gástrica (Dilatação vólvulo gástrica) é um problema sério que acontece quando o estômago do cão incha e começa a girar em seu próprio eixo.

Segundo a ciência, a torção ocorre principalmente em cães grandes ou gigantes.

Ela pode acontecer por diversos motivos, como alimentação em excesso ou errada (se o cãozinho come algo que não deveria, por exemplo).

Além de muita dor de barriga, a torção gera inchaço abdominal, impede a passagem de água e alimentos, prejudicando por fim o fluxo sanguíneo.

Cães com torção gástrica devem ser levados imediatamente ao veterinário para estabilização do quadro e cirurgia, a única solução para o problema.

Caso contrário, ela pode resultar na morte do pet em poucas horas. Então, cuidado!

Excesso de gases

Assim como nos humanos, o excesso de gases acumulados pode pressionar os órgãos internos e gerar dor na região abdominal.

Comer algum alimento não indicado para cães ou mudanças de ração podem provocar esse acúmulo, e consequentemente ocasionar um cachorro com dor de barriga.

Doenças e parasitas

Diversas doenças e parasitas (os conhecidos vermes) podem causar a dor de barriga em cachorro, como:

Ascaridíase – Doença causada pelo verme Ascaris lumbricoides, a famosa “lombriga”.

Giardíase – Outra doença parasitária. Pode ser transmitida de um cão infectado para outro, ou diretamente pelo contato com água e alimentos infectados com o protozoário Giardia lamblia.

Toxocaríase – Causada pelo parasita Toxocara canis. Além de resultar em um cachorro com dor de barriga, por ser transmitida aos humanos.

Dipilidiose – Também uma zoonose, ou seja, pode ser transmitida dos cães para nós, causada por um parasita.

Parvovirose – Doença causada por um vírus e que causa diarreia com sangue, oferecendo risco de morte aos cachorros.

Coronavirose – Outra condição causada por um vírus, que pode atacar tanto o sistema respiratório quanto os intestinos, deixando o cachorro com dor de barriga, vômitos e diarreia (nesse caso, mais comum em filhotes).

Ingestão de objetos

Por fim, se você tem um amiguinho em casa que come tudo o que vê pela frente, cuidado!

A ingestão de objetos (que não são comida), obviamente pode causar uma tremenda dor de barriga.

Deve-se ter atenção, pois alguns objetos, quando pontiagudos ou cortantes, podem machucar os órgãos internos do animal.

Observe outros sintomas como vômitos e sangue nas fezes, e leve o pet ao veterinário assim que puder.

Tratamento e prevenção da dor de barriga em cachorro

Como vimos, as causas do cachorro com dor de barriga são várias.

Portanto, o tratamento também varia, e o melhor é aquele indicado pelo veterinário após uma avaliação e exames!

Mas você pode prevenir a dor de barriga em cachorro.

Como?

Tomando atitudes que evitem os problemas citados anteriormente. Veja:

Vermifugação

Boa parte dos casos de cachorro com dor de barriga poderia ser evitada com um comprimido simples…

O vermífugo!

Dê o remédio para vermes na dosagem e frequência indicada pelo veterinário, e só isso já vai prevenir que os parasitas prejudiquem seu pet!

Vacinação

blank

Outro ponto que não pode faltar.

Tenha responsabilidade e vacine o seu cão!

Doenças como a parvovirose e giardíase têm vacinas eficientes, protegendo o seu peludinho.

Cuidados de higiene

Mantenha sempre limpos os ambientes nos quais o seu pet vive.

A limpeza pode evitar o contato dele com parasitas e outros micro-organismos nocivos, que causam doenças e deixam o cachorro com dor de barriga.

Essa é uma dica que vale inclusive para o momento dos passeios.

Não deixe seu cão se aproximar de fezes ou vômito de outros animais, que podem estar contaminados.

Alimentação e nutrição

Há vários fatores alimentares que podem deixar seu cachorro com dor de barriga.

Um deles é a troca de ração, que quando feita de forma repentina às vezes causa muitos gases e, consequentemente, dores.

Se precisar trocar, faça aos poucos, para que o sistema digestivo do pet se acostume.

Evite também dar grandes quantidades de comida de uma só vez, fator de risco para a torção gástrica. Tente dividir em porções durante o dia.

A dica final é o que há de mais novo em nutrição canina: fornecer um suplemento alimentar!

É fundamental que ele tenha vitaminas, minerais e conte também com probióticos, as bactérias boas que agem na flora intestinal.

Quer uma indicação?

O Longevi é o primeiro super suplemento para cachorros, com 42 vitaminas, minerais, nutrientes-chave e micronutrientes.

Com isso ele melhora o funcionamento do organismo e a saúde geral, o que aumenta as proteções naturais do seu cãozinho contra doenças.

No caso de cachorro com dor de barriga, a ação preventiva dos probióticos é ainda mais importante.

Primeiro, eles melhoram a digestão, acabando com as fezes moles e mal cheirosas…

Depois, melhoram a imunidade, a partir do fortalecimento da flora intestinal!

E esse é só um benefício dos 42 ingredientes naturais do Longevi!

Para conhecer mais, veja o que diz Julinho Casares, um dos maiores especialistas em comportamento animal do Brasil.

Além de ficar conhecido no programa Bom pra Cachorro e pelo quadro “Enquanto meu dono não vem”, da Record, Julinho tem 38 cachorros e já viu na prática os resultados.

Clique aqui para conferir o vídeo!

Compartilhe nas Redes Sociais

blank
O original e mais reconhecido supersuplemento

Supersuplemento é um suplemento com mais de 2 funções chave, como por exemplo, ajudar a diminuir queda de pelos e aumentar o apetite. Um supersuplemento consegue entregar isso por ter propriedades nutricionais cientificamente validadas a fortalecerem mais de um marcador de saúde.

blank

Por Redação Petvi

Acreditamos que a nutrição personalizada é a chave para uma vida feliz – e é por isso que nos esforçamos para fornecer ao seu animal de estimação as soluções nutricionais mais avançadas do mercado.

18/02/2021

Você também pode gostar de…

Send this to a friend