13 Alimentos que Cachorro NÃO Pode Comer de Jeito Nenhum

Sim, todos nós, que amamos cachorros, os tratamos como se fossem membros das nossas famílias.

Mas isso às vezes traz um probleminha…

Esquecemos que eles não são humanos e por isso têm necessidades nutricionais diferentes das nossas!

Antes de compartilhar qualquer alimento com o seu amiguinho, devemos ter atenção, pois há vários alimentos que cachorro não pode comer.

São itens que não fazem nenhum mal para nós – e que na verdade são deliciosos para a maioria das pessoas…

Mas para nossos pets, fazem muito mal!

Você saiba quais são? Separamos uma lista. Vamos conferir!

Atenção para os alimentos que cachorro não pode comer

1 – Chocolate

Dentre os alimentos que cachorro não pode comer, com certeza o chocolate é um dos mais conhecidos.

Ele contém uma substância chamada teobromina, que embora não faça mal para nós, é terrível para os cães.

Em altas doses, pode até matar!

Mesmo baixas quantidades fazem mal para seu pet, causando:

  • Vômito
  • Diarreia
  • Arritmia cardíaca
  • Reações alérgicas
  • Convulsões

Então, se você costuma ter sempre chocolate em casa, guarde-o em um local seguro onde seu cachorro não alcança!

2 – Massas

Aquele pão quentinho, ou aquela pizza cheirosa… Todo mundo adora!

E é possível que seu cão fique salivando, olhando a família lanchar com carinha de pidão…

Mas, infelizmente, dessa vez é melhor você não atender aos desejos do seu melhor amigo.

As massas que passam por processos de fermentação, contendo leveduras, são mais um dos alimentos que cachorro não pode comer, com perigo de passar muito mal.

O que acontece é que essas leveduras, quando chegam ao sistema digestivo do seu cãozinho, podem se expandir, gerando gases, dores e até vômito.

3 – Álcool

Todos nós já conhecemos os efeitos das bebidas alcóolicas no organismo humano, principalmente quando se passa da conta.

Para cachorros que são expostos a isso, o problema é ainda maior.

O álcool gera intoxicação, alterações nervosas, diarreia, vômito e pode até ser fatal.

E devido ao peso dos animais ser bem menor que o nosso, qualquer quantidade de bebida alcoólica pode acabar tendo alta concentração para os pets.

Portanto, evite que seu cão tenha acesso a bebidas.

É algo óbvio, mas devemos nos lembrar que isso pode até acontecer acidentalmente, como quando uma garrafa ou copo caem da sua mão, por exemplo.

Não deixe seu cão lamber a bebida em hipótese alguma!

4 – Café

Muitos de nós não vivemos sem um bom café…

Mas seu cão precisa passar longe da bebida!

alimentos que cachorro não pode comer

A cafeína tem efeitos similares à teobromina do chocolate, gerando:

  • Palpitação
  • Convulsões
  • Tremores
  • Sangramentos

Em excesso, pode também ser fatal!

Tenha atenção, pois não estamos falando aqui somente do café, mas de qualquer bebida ou comida que contenha cafeína, como chás e refrigerantes, ok?

Todos são alimentos que cachorro não pode comer ou beber.

5 – Uvas

Já mostramos por aqui uma lista de frutas que seu cachorro pode comer (clique aqui para ver).

Mas, definitivamente, a uva NÃO é uma delas.

Embora sejam ótimas para a saúde humana, elas nunca devem ser oferecidas para os cães.

As uvas são um dos alimentos que cachorro não pode comer, podendo causar vômito, diarreia, fraqueza, letargia e, o mais perigoso, insuficiência renal.

Isso vale também para as uvas passas, que nada mais são do que uvas desidratadas.

Tome cuidado, pois não há nenhuma quantidade segura para o consumo de uvas por cães.

6 – Abacate

Outra fruta saudável para nós, mas terrível para nossos amiguinhos.

Os abacates contêm uma substância chamada persina, com alto efeito tóxico em cães.

Ela causa dificuldades respiratórias e prejuízos aos intestinos.

7 – Frutas com semente

Já outras frutas podem até ser oferecidas, mas sem o caroço. Caso contrário, podem se transformar em mais um dos alimentos que cachorro não pode comer.

É o caso das maçãs, por exemplo. Embora não façam mal, é preciso ter cuidado para dar ao seu cão somente a polpa.

blank

As sementes possuem uma substância altamente perigosa chamada cianeto, que pode causar:

  • Problemas cardíacos
  • Convulsões
  • Dificuldades respiratórias
  • Coma

Outras sementes também devem ser evitadas, tanto pelo risco de que seu cão se engasgue quando pelos problemas intestinais que acabam causando.

8 – Leite e derivados

Se os cães tomam leite quando filhotes, por que a bebida deve ser evitada?

Bom, essa frase já contém a resposta…

O leite só é um bom alimento quando o cachorro é um filhote, conseguindo-o direto com sua mamãe.

Depois disso, os cães apresentam intolerância à lactose, em especial ao leite de vaca, pois não tem as enzimas necessárias para digeri-lo.

Quando ocorre, o resultado são gases e diarreias.

O mesmo, é claro, vale para derivados do leite, que também são alimentos que cachorro não pode comer.

9 – Comidas com açúcar

Os riscos das comidas açucaradas para cães são basicamente os mesmos aos quais nós estamos expostos.

Em excesso, podem causar:

  • Obesidade
  • Diabetes
  • Prejuízos aos dentes

O agravante, mais uma vez, é que até quantidades menores já são excessivas para os pets.

Então, nada de docinhos para o seu amigo!

10 – Sorvetes

Os sorvetes reúnem dois problemas de itens já comentados até aqui, por combinarem lactose e açúcar.

Além disso, possuem excesso de gorduras, sendo altamente prejudiciais para a saúde – e até a silhueta – do seu melhor amigo.

Se você quer ajudar seu pet a se refrescar no tempo do calor, não é algo tão difícil: basta congelar algumas frutas (que não sejam as citadas aqui) e dar para ele se deliciar.

11 – Cebola

A cebola tem substâncias que prejudicam os glóbulos vermelhos dos cães, levando os animais à anemia.

Uma delas é o tiossulfato, com efeito tóxico para os pets.

12 – Alho

Outro item da lista de alimentos que cachorro não pode comer é o alho.

O tempero também é perigoso, gerando efeitos de destruição das células vermelhas do sangue, assim como a cebola.

Além da anemia, pode causar intoxicação, insuficiência renal e prejuízos aos intestinos.

Então, o melhor é guardar esses temperos somente para a parte humana da família!

12 – Macadâmia

blank

A macadâmia é uma castanha extremamente perigosa para os cães, contendo toxinas que causam:

  • Arritmia cardíaca
  • Vômitos
  • Paralisia de membros
  • Tremores
  • Fraqueza

Tome muito cuidado com ela!

13 – Carnes e ovos crus

Carnes e ovos crus são dois alimentos que cachorro não pode comer.

Agora você deve estar se perguntando…

Se os parentes selvagens dos cães, como os lobos, comem carne crua, qual seria o problema de oferecer também para os nossos cães?

Calma lá…

Há uma diferença crucial. Os lobos caçam sua própria comida, abatendo suas presas na hora!

Ou seja…

Não há carne mais fresca do que essa!

Mas quando damos a carne crua para nossos cães, geralmente é aquela que já passou por vários processos, desde o frigorífico até o açougue ou supermercado.

Nesse trajeto a carne pode ser contaminada com algumas bactérias perigosas, como a E. coli e a salmonela.

O cozimento elimina o problema (também para nós), e se você oferece o alimento cru ao seu cãozinho, pode ter certeza de que estará arriscando a saúde dele.

No caso dos ovos crus, há o mesmo risco de contaminação e intoxicação.

Como turbinar a alimentação do seu cão

Agora que você já sabe quais os alimentos que cachorro não pode comer, é hora de saber como melhorar essa alimentação.

A comida padrão e que estamos mais acostumados é a ração, mas é preciso dar um passo além.

As rações contêm os nutrientes básicos para a saúde do seu cachorro, mas isso não é tudo.

Veja o exemplo dos humanos…

Nas últimas décadas, na medida em que melhoramos a nossa nutrição, nossa expectativa de vida aumentou muito.

Deixamos de comer apenas “o básico” e diversificamos a dieta, ingerindo mais micronutrientes, vitaminas, minerais, alimentos probióticos…

Agora, chegou o momento de turbinar também a alimentação dos nossos cães!

Saiba que mesmo as rações mais premium não trazem tudo o que seu amigo precisa…

É pensando nisso que surgiu o Longevi, o primeiro suplemento exclusivo para cachorros.

E você não precisa comprar nenhuma ração especial. É só adicionar o Longevi à ração que seu cão já come.

Como ele é um pó sabor bacon, é fácil de misturar e vai deixar o almoço do seu amiguinho ainda mais saboroso!

Além do sabor, o Longevi conta com um blend de 42 micronutrientes que comprovadamente melhoram a saúde dos cães.

São ingredientes como:

Probióticos, as bactérias boas que melhoram os intestinos e consequentemente a imunidade e a saúde mental;

Vitaminas, como a biotina, que melhora a pele, o pelo e as unhas;

Minerais e aminoácidos, que melhoram a energia de forma controlada.

Assim, o seu cão terá mais disposição, ficará menos agitado e vai ganhar ainda outros benefícios, como:

  • Melhora das fezes – chega de cocô mole e fedido!
  • Inteligência e humor – Para aprender melhor aos comandos que você ensina!
  • Longevidade – Para viver mais tempo ao lado da sua família, e com saúde!

Esse é só o começo, pois o Longevi pode aprimorar a vida do seu cãozinho de várias formas, transformando-o em um super cão!

Quer saber mais?

Então, nada melhor do que ouvir um especialista como Julinho Casares, que é apresentador do programa Bom pra Cachorro e do quadro “Enquanto meu dono não vem”, da Record.

Clique aqui e assista a um vídeo exclusivo gravado por ele, explicando como o Longevi funciona e como é capaz de melhorar a nutrição do seu amigo.

Evite os alimentos que cachorro não pode comer e dê o que seu pet realmente precisa!

Compartilhe nas Redes Sociais

blank
O original e mais reconhecido supersuplemento

Supersuplemento é um suplemento com mais de 2 funções chave, como por exemplo, ajudar a diminuir queda de pelos e aumentar o apetite. Um supersuplemento consegue entregar isso por ter propriedades nutricionais cientificamente validadas a fortalecerem mais de um marcador de saúde.

Você também pode gostar de…

Send this to a friend